3 condições que podem causar irritação vaginal

Assim como é importante todos os anos agendar uma consulta médica para fazer diversos exames e saber se tudo vai bem com a saúde, para as mulheres também é fundamental ter atenção e uma série de cuidados com a saúde íntima.

Muitas vezes, se algo não está bem com o organismo, o corpo pode manifestar sinais de alerta que, inclusive, podem surgir na região vaginal. Coceira, presença de corrimento e odor são alguns exemplos de reações que costumam acontecer.

Medo, vergonha ou mesmo tabus não podem ser motivos que impeçam a mulher de buscar por orientação médica quando estiver com problemas vaginais. Sua saúde e seu bem-estar precisam estar em primeiro lugar!

Vaginose bacteriana

É uma das causas mais comuns de corrimento vaginal e de candidíase. A vaginose bacteriana ocorre quando há alteração no pH da vagina, o que gera desequilíbrio da sua microflora bacteriana. É uma infecção causada por bactérias presentes no organismo, mas também pode ser desencadeada por transmissão da bactéria por contato íntimo ou relação sexual. Geralmente, afeta mulheres que estão em idade reprodutiva.

Alergias e dermatites

A irritação vaginal também pode ser causada por alergias a produtos como os de higiene íntima, preservativos, sabonetes, espermicidas e lubrificantes. Produtos com fragrância costumam ser os que apresentam maiores chances de desencadear irritação quando entram em contato com a região.

Até mesmo papel higiênico perfumado, absorventes descartáveis e roupas íntimas feitas com tecidos sintéticos podem causar alergias e irritações. Para evitar o problema, o melhor é optar pelo uso de produtos sem perfume e calcinhas de algodão, que favorecem a ventilação da região íntima – reduzindo a proliferação de fungos e bactérias e são mais confortáveis.

Vaginite atrófica

Causada pela redução da produção do hormônio estrogênio, que ocasiona secura e inflamação das paredes vaginais, a atrofia vaginal é um problema mais comum entre mulheres que amamentam ou que estão na fase da menopausa. Entre os sintomas estão a irritação da região vaginal, corrimento, ressecamento, dor ao urinar, incontinência urinária entre outros.

Deixe um comentário