Dicas para melhorar na terceira idade

Acompanhamento médico regular e especializado:

Qualidade de vida não se restringe à saúde, mas, certamente, é um fator de grande importância para a população idosa. Acompanhamento médico regular e especializado com um geriatra ajuda a prevenir possíveis doenças ou disfunções e tratar daquelas já diagnosticadas.

Depois dos 60 anos, o corpo passa por intensas mudanças. E faz parte desse acompanhamento integral ajudar o idoso a entendê-las e saber se adequar às novas necessidades que vão surgindo a cada fase.

Uma boa alimentação é cuidado para todas as fases da vida. Previne doenças e melhora a disposição. Para a saúde do idoso, é ainda mais importante: o corpo tem outro ritmo, os órgãos já não funcionam na mesma velocidade de antes, o nível de água no organismo é menor, assim como muitos hormônios.

Prática de atividades físicas na terceira idade:

A prática regular de atividades físicas melhora a disposição para as ações cotidianas, ajuda a prevenir e tratar de doenças e pode se tornar um momento de sociabilidade. O leque de possibilidades é amplo e, para escolher o exercício que melhor se adeque à saúde de cada idoso, o acompanhamento médico é essencial.

Os esportes são, quase sempre, os mais procurados: natação, hidroginástica, pilates, musculação, tênis, dentre outros. Mas há, também, opções menos comuns que podem ser tão interessantes quanto, como dança, teatro e circo. Colocam o corpo em movimento e despertam as expressões artísticas.

Falar em cuidado integral do corpo é lembrar que a mente é parte fundamental nessa história. Acompanhamento psicológico e psiquiátrico são essenciais no processo de aceitação e independência dessa fase da vida.

Deixe um comentário