Hábitos para ter uma vida mais saudável

Alimentação saudável:

Não dá para falar em vida saudável sem mencionar a alimentação, uma vez que hábitos alimentares saudáveis são importantes para a prevenção ou o surgimento de doenças. Isso porque alimentos in natura ou minimamente processados têm a capacidade de fornecer os nutrientes que seu corpo necessita e, assim, promover a manutenção e restauração da saúde do seu organismo.

Alimente-se bem. Procure alimentar-se três vezes ao dia. Prefira sempre alimentos naturais e integral, evitando alimentos muito calóricos à noite. Opte por sucos naturais em vez de refrigerantes e sucos industrializados.

Em contrapartida, os alimentos ultraprocessados, em geral, são pobres em nutrientes e ricos em aditivos químicos, calorias, gordura, açúcar e sódio. O maior consumo desses alimentos tem sido associado a uma maior chance de obesidade, câncer, diabetes tipo 2, doenças cardiovasculares, síndrome do intestino irritável, depressão, condições de fragilidade e mortalidade por todas as causas.

Tenha contato com a natureza:

Estabeleça contato com a natureza. Vá à praia, tome um banho de cachoeira, reserve um tempo para passear em áreas verdes. A harmonia com a natureza é fundamental para o seu equilíbrio emocional.

Durma bem:

Um outro benefício importante para a saúde, que também é proporcionado por uma vida fisicamente ativa, é a qualidade do sono. Essa parcela de horas que tiramos à noite para dormir são muito preciosas para a reparação do nosso organismo.

É durante o sono que recuperamos tudo aquilo que foi gasto durante o dia. Nesse sentido, a saúde tem tudo a ver com uma noite bem dormida!

Durma bem. Uma boa noite de sono, além de recarregar as energias, é fundamental para o bom funcionamento do corpo e da mente.

Se cuide:

Mas tão importante quanto o relacionamento com outras pessoas é o relacionamento com nós mesmos. E a nossa saúde mental também está diretamente ligada a satisfação interior. Nesse sentido, o primeiro passo para desenvolver tanto uma boa autoestima quanto o amor próprio é o autoconhecimento.

Conhecer as próprias limitações, forças e fraquezas ajuda a lidar e conviver com as sensações adversas que nos afetam. O amor próprio é um exercício diário e constante, que passa pela aceitação e reconciliação com você mesmo. Afinal, se você não consegue estar bem consigo, possivelmente isso impactará em outras áreas da vida.

Deixe um comentário