Os benefícios do enxaguante bucal

Existe uma grande quantidade de microrganismos e de doenças infecciosas que podem afetar a mucosa oral. Isso porque essa cavidade conta com uma comunidade microbiana rica, complexa e diversa de bactérias, fungos, entre outros microrganismos que podem estar em equilíbrio ou não, dependendo de fatores externos (cuidados de higiene) ou internos (relacionados à própria saúde da pessoa).

Papel do enxaguante bucal

Um bom aliado para manter a saúde oral em dia é o antisséptico bucal, que possui ações germicida e bactericida. “Geralmente, esse produto traz benefícios desde que seja associado à boa escovação e à rotina de higienização. Alguns enxaguantes bucais podem apresentar em sua composição o peróxido de hidrogênio ou a clorexidina, mas, neste caso, é necessária a indicação de um dentista”, explica Juliana.

Além de oferecer frescor ao hálito, o enxaguante auxilia na redução da placa bacteriana e de bactérias causadoras de cárie e gengivite, além de evitar o desenvolvimento de doenças periodontais que podem levar à perda dentária.

É importante lembrar que cuidar bem da boca auxilia a não complicação ou agravamento de condições pré-existentes, como a doença periodontal ou mesmo outras de ordem sistêmica. As visitas regulares ao dentista a cada seis meses e a higiene eficiente e diária são essenciais para a saúde de modo geral, e não apenas dos dentes e dos tecidos orais.

Deixe um comentário